terça-feira, 5 de novembro de 2019

Atualização – Outubro/2019



Olá, Amigos! Espero que Outubro tenha trazido bons ventos a todos

E o Mês dos Professores acabou! Como falei no post anterior, quando Outubro chega, acabou o ano. É a máxima da sala dos professores neste momento. A contagem regressiva para as férias já começou para alguns, já começou desde o início do ano letivo e é preciso focar no que ainda falta fazer este ano.

Outubro trouxe novo patamar atingido. O mês manteve a consolidação e o foco no crescimento do Patrimônio.

Gastos cresceram, mas em consonância com o aumento da receita. Renda extra SUPER positiva.

A viagem para o interior foi bem aproveitada, com direito a repeteco nos próximos meses.

Vamos aos fatos:


Receitas e Despesas
A receita, neste mês, cresceu 22%, composta pelo salário de professor, por vendas e pela renda extra. A receita de Outubro foi um novo recorde.
As despesas fixas mensais subiram, mas este crescimento acabou ficando abaixo do crescimento da receita. Assim, a despesa chegou a 43% da receita líquida.

Gastos com supermercado e transporte foram os que cresceram mais. A viagem também impactou neste ponto. Tudo dentro da margem.

Aportes
Um aprovisionamento maior também pode ser visto. R$1.266,15 em ações, fundos e no incremento da reserva de oportunidades.

Com o foco em “acertar” a carteira, balanceando entre renda fixa e variável, esta última recebeu o maior bolo.

O fundo escolhido para aporte foi o BCFF11 (subscrição e mais cotas). Em ações, aproveitei a queda da cotação da Ambev e adquiri mais. A ABEV foi a primeira ação que comprei, no longínquo 2017.




Rendimentos e Dividendos
A renda passiva de Outubro ficou em R$ 59,88, com a ajuda maciça dos fundos imobiliários.

Patrimônio Líquido
Assim, o Patrimônio líquido no mês de Outubro atingiu o patamar dos 80k!




Parabéns, Professor!

Chegou a R$ 80.508,38, para ser mais exato Crescimento de mais de 4% em relação ao mês passado.

A nova renda ajudou, mas o rendimento dos investimentos tiveram um peso considerável nesta evolução.

E em Novembro?
A tendência é novembro ser parecido com Outubro, com a diferença que o final do ano estará mais perto. Algumas metas pessoais sendo buscadas e o patrimônio em crescimento.

No âmbito do lazer, gastos com duas viagens, uma Dezembro e a outra em Janeiro, serão contabilizadas neste mês. A maior delas será a primeira viagem internacional, possibilitada, em parte, pela poupança iniciada há três anos.

Então, a meta financeira para este mês é enxugar gastos e focar em formas de crescimento do PL.

Nos encontramos… Até lá!
Um Abraço a todos!



sexta-feira, 4 de outubro de 2019

Atualização – Setembro/2019


Olá, Amigos da Finansfera. Tudo bem com vocês?

Setembro passou e estamos aqui para mais uma “prestação de contas”. A “empresa” vai de vento em popa! Ou melhor dizendo, o Patrimônio vai crescendo a passos consistentes.






Mês de renda extra positiva, mas gastos acima do previsto.


Receitas e Despesas
A receita a partir deste mês será acrescida por uma nova forma de arrecadação. Como falei no mês passado, não revelarei a fonte. Mas, renda é renda e ela estará aqui contida, acrescida pela remuneração mensal de professor. Em setembro, foi remuneração professor mais 10%. Quanto será mês que vem?


Professor ficando rico!


As despesas fixas mensais, em Setembro, aumentaram e atingiram 52%. Resultado de gastos com saúde, principalmente.

Aportes
Em Setembro, os aportes foram recheados novamente! Ao todo, foram R$1.237,50 em Fundos Imobiliários.

Venho focando aportes somente em renda variável, não pelo desempenho desta comparada a renda fixa, mas por querer balancear a carteira o mais rápido possível. Já são três meses só aportando em ações e fundos.

O fundo escolhido para aporte foi o XPLG11. Além da subscrição, comprei mais algumas cotas dele este mês.

Rendimentos e Dividendos
A renda passiva em Setembro ficou em R$ 48,12. Os fundos compuseram a maior parte do bolo, que foi repassado direto para novos aportes.


Patrimônio Líquido
Neste mês, o Patrimônio líquido passou dos 77k. R$ 77.441,17 pra ser mais preciso. Crescimento de quase 5% para o mês passado. A nova renda ajudou, mas o rendimento dos investimentos tiveram um peso considerável nesta evolução.

Agora, o foco está no balanceamento deste patrimônio. Por isso, os aportes exclusivos em renda variável. Tinha muita renda fixa, mas, atualmente, tenho 60/40. A intenção é chegar a 50/50.

E outubro?
Outubro lembra final do ano (e do ano letivo também). Na sala dos professores circula uma máxima que “chegou Outubro, acabou o ano”. Isto porque quando nos damos de conta, já estamos na última semana de aula.


Mas para o financeiro, será um mês de consolidação. A ideia é enxugar gastos e focar no crescimento do PL.
Na verdade, na contramão do que falei, o foco será na viagem que faremos em família. Será um final de semana, mas bem aproveitado.
Veremos como nos apresentaremos em 31 de outubro.

Até lá, um Abraço a todos!

domingo, 1 de setembro de 2019

Atualização – Agosto/2019



Olá, Tudo Bem?!

Mês passado, prometi um post revendo metas. Porém, agosto não foi tão bonzinho com o meu tempo.

Passou mais este mês, e a caminhada rumo à Independência Financeira segue… a passos tranquilos.

Agosto foi de muito trabalho. Até o lado pessoal ficou um pouco de lado. Algumas surpresas estão por vir e neste mês aparecerão na renda.





Receitas e Despesas
A receita foi acrescida por vendas e por uma nova forma de arrecadação. Deixarei por enquanto em off, mas promete um futuro promissor. 

As despesas fixas mensais ficaram, novamente, abaixo do programado, atingindo 44% da receita.

Aportes
Em Agosto, os aportes estavam gordos! Foram R$1.558,67 divididos em Fundos Imobiliários e em Ações.

M Dias Branco foi a ação escolhida para aportar, visto a baixa da cotação e nada de ruim a longo prazo. 

Comprei mais cotas do MXRF11, XPLG11 e HGLG11. Também aproveitei a subscrição do IRDM11, buscando não ser diluído (kkk).


Aliviado em não ser diluído


Rendimentos e Dividendos
Em Agosto, voltamos a casa dos três dígitos na renda passiva, que foi pro bolo, junto com aporte. Foram R$ 114,31. Itaú e BB Seguridade ajudaram bastante. 

Com o aporte maior, os fundos também vem crescendo. É bonito ver isso aparecendo nos rendimentos.

Patrimônio Líquido
Assim, o Patrimônio se aproxima da casa dos 74k, R$ 73.980,93 mais precisamente.

Setembro chegou! E aí?!
Em Setembro, teremos renda extra chegando, mas também gastos a mais com saúde. Veremos como esta conta fechará.

Um Abraço a todos!

sexta-feira, 2 de agosto de 2019

Atualização – Julho/2019



Bom dia, boa tarde, boa noite!


O mês de Julho chegou ao fim e, como esperado, as aulas voltaram. É hora de arregaçar as mangas e seguir em frente nessa carreira que tanto me satisfaz, mas ao mesmo tempo estressa.

Para espairecer, aproveitei as férias com uma viagenzinha pro litoral. Gastos com estes prazeres passaram do programado, mas os gastos fixos do mês compensaram. Na verdade, quem compensou mesmo foi o passeio [GRANDE GANHO DO MÊS].


Eu, voltando para sala de aula.



Receitas e Despesas
A receita foi acrescida por pequenas vendas. Outro ponto positivo foram as despesas fixas mensais, que ficaram, novamente, abaixo do programado (42% da receita).


Aportes
Em Julho, os aportes chegaram a R$ 887,17, sendo parte alocado em Fundos Imobiliários e parte em incremento da Reserva de Emergência.
Adquiri mais cotas do Fundo CEOC11.


Rendimentos e Dividendos
Em Julho, a renda passiva ficou em R$ 32,70, garantida pela dos Fundos.


Patrimônio Líquido
Com este incremento e com as variações do mercado, o patrimônio alcançou R$ 72.002,15.


Agosto taí!
Fiquei de rever metas, porém, aproveitei mesmo para descansar. Farei isto na próxima semana. Conto em outro post.


Abraço a todos!

sexta-feira, 5 de julho de 2019

Atualização – Junho/2019



Olá a todos!

Junho passou como um foguete. Se na escola, a Festa Junina foi a grande atração do mês, no Patrimônio Financeiro, o 13º fez a alegria deste professor.


Faz de conta que estou feliz...



Receitas e Despesas
Com o 13º salário entrando na conta, a receita de Junho passou os 10k. As vendas também ajudaram.

Já as despesas ficaram abaixo do programado, atingindo 27% da receita. Apesar da poupança feita, grande parte do excedente foi destinado à mensalização das despesas.


Aportes
Neste mês, os aportes chegaram a R$ 1.769,35, sendo 100% alocado em renda variável.

Adquiri mais cotas dos Fundos MXRF11, FFCI11, RNGO11 e KNRI11. Também aumentei minha posição em CVCB3 e na WEGE3, umas das primeiras empresas de adquiri.


Rendimentos e Dividendos
Em Junho, a renda passiva ficou em dois dígitos. Vamos à lista:

R$ 0,76 – ITUB3
R$ 8,26CIEL3
R$ 15,21 MRVE3
R$ 4,95 – BRCR11
R$ 3,43 – RNGO11
R$ 2,39 – IRDM11
R$ 2,16 – GGRC11
R$ 0,54 – CEOC11
R$ 1,50 – FFCI11
R$ 3,05 – XPLG11
R$ 1,89 – MXRF11
R$ 1,48KNRI11
R$ 1,68VISC11
R$ 1,50HGLG11
R$ 2,12BCFF11

No total foram R$ 50,92.

Patrimônio Líquido
Nova marca do patrimônio ultrapassou os 70k.

Agora, o Patrimônio Atual é de R$ 71.741,79.


E seguindo trabalhando...


Rumo aos 80mil.


E em Julho?
Férias de Julho se aproximando. Viagem para visitar parentes. Momento propício para parar, descansar, mas também para avaliar. Metas serão revisitadas.

O Patrimônio segue em tendência de crescimento. A ideia é manter gastos no programado e incrementar a receita com pequenas vendas …Veremos!

Abraço a todos e até a próxima!




segunda-feira, 3 de junho de 2019

Atualização – Maio/2019



Olá, Tudo Bem?!

Tudo beeeeeemmmm?


Maio acabou. Nosso primeiro grande título venceu, pagou juros e já foi reinvestido. Junho deu as caras. Festa Junina batendo na porta e eu quero mais é sossego... e Patrimônio aumentando.

Receitas e Despesas
A receita de Maio estabilizou. As despesas que subiram. Compras para casa, alimentação e uma viagem foram as responsáveis. Mas tudo bem calculado e suavizado, ainda mais pela redução de gastos do mês passado. Gastos atingiram 55% da receita em Maio.

Aportes
Neste mês, além dos aportes vindos da receita, o recebimento de uma LCI e do Tesouro IPCA+ 2019 foram responsáveis pelo incremento na renda variável.
Fora o valor inicial do Tesouro, reinvestido no IPCA+ 2024, contabilizei, ao todo, R$ 3.115,38 para mais Tesouro, Fundos Imobiliários e Ações
Com o recebimento dos juros, a lista de investimentos foi grande! Adquiri mais cotas do Fundo GGRC11 e entrei em mais outros 4: KNRI11, HGLG11, VISC11 e BCFF11. Também comprei mais ações de CIEL3 e me tornei sócio da EZ TEC (EZTC3).

Rendimentos e Dividendos
Novamente, os proventos superaram a casa dos três dígitos. Renda passiva vicia!




Resumo dos proventos do mês:
R$ 0,76 – ITUB3
R$ 6,71 – KROT3
R$ 4,09 – LINX3
R$ 31,31 – GRND3
R$ 0,28 – CVCB3
R$ 38,49 – FLRY3
R$ 11,30 – BRCR11
R$ 3,43 – RNGO11
R$ 2,37 – IRDM11
R$ 0,67 – GGRC11
R$ 0,54 – CEOC11
R$ 0,50 – FFCI11
R$ 3,40 – XPLG11
R$ 1,53 – MXRF11
Ao total, foram R$ 105,42.

Patrimônio Líquido
O patrimônio se aproxima dos 70mil, atingindo R$ 68.341,56.


70k está quase...foco na construção!


Junho? Junho? Junho?
Mesmo com Festa Junina se aproximando, a ideia é manter gastos no programado, aumentar receita com pequenas vendas e aproveitar a Vida! Foco no aumento do Patrimônio. Segue o jogo

e Felicidade a todos!