quinta-feira, 10 de setembro de 2020

Professor Investe em Julho de 2020 = + R$ 97.112,54 (+1,07%)


 

Professor sumiu, mas não morreu!


Continuo com pouco tempo para a atualização. Atividades a distância demandam muito tempo e paciência. 


Então, passo rapidamente (...novamente) para apresentar os resultados dos meses de Julho e Agosto (este último, no próximo post), ambos em atraso.


Vamos lá!


Receitas – em Julho tive uma boa receita. O acréscimo ao salário do professor rendeu!


Despesas – já os gastos não ajudaram muito. Só não foi o recorde do ano, porque em janeiro fiz uma viagem internacional e gastei um pouco a mais.


Aportes – Aporte bom, mas poderia ser melhor. Acostumei mal com o mês passado: – R$ 1.292, 19 em LCI e Fundos Imobiliários, basicamente. Aproveitei as subscrições e aumentei o meu número de cotas em BRCR, IRDM e HGLG.


Rendimentos e Dividendos – novamente aquém da média anual – R$ 70,97. Quase 3,54% maior do que a remuneração do mês passado e 116,53% maior em relação ao mês de julho do ano passado. Representaram 1,03% dos gastos do mês.


Patrimônio Líquido – subiu um pouco, estabelecendo recorde de R$ 97.112,54. Crescimento de 1,07% em relação ao mês passado.


Um abraço e até daqui a pouco com o Fechamento de Agosto...confere lá!

segunda-feira, 27 de julho de 2020

Atualização de Metas de 2020



Passados mais de seis meses, venho aqui avaliar e atualizar minhas metas para este ano.

Após momentos de reflexão sobre como anda a minha vida financeira e de rebalanceamento das perspectivas, percebi que algumas coisas precisavam mudar.

Aproveito para registrar e comentar sobre cada uma das metas em verde.

E atualizo minha lista de metas para este ano, com as mudanças em vermelho.


1. Atingir 110k de patrimônio líquido em Dezembro deste ano.
Estamos próximos! Após a queda do Patrimônio, no início do ano, o crescimento veio a partir da valorização dos ativos, mas também através da compra de novas cotas e ações quando as mesmas estavam “baratas”.


2. Poupar mais, investindo para a aposentadoria (tesouro, ações e fundos imobiliários), no mínimo, 20% da receita total do ano.
Superando as expectativas! Mudança de mentalidade é tudo!!

3. Reequilibrar o peso de cada tipo de renda, ficando, ao final do ano, com 45% em renda fixa e 55% em renda variável, com 31% em ações, 22% em Fundos Imobiliários e 2% alocado a risco (criptomoedas entre outros).
Com a mudança de foco nos investimentos, mudo também a alocação. A nova meta será:
3. Reequilibrar o peso de cada tipo de renda, ficando, ao final do ano, com 45% em renda fixa e 55% em renda variável, com 35% em ações, 20% em Fundos Imobiliários. 3% da renda variável, será alocada a risco.

4. Aumentar e manter a reserva de emergência e oportunidades em 15mil. Se utilizar, repor o dinheiro prioritariamente.
Estamos aumentando! Tivemos algumas oportunidades este ano, mas, mesmo assim, o valor em reserva aumentou. A intenção mantém-se em alcançar os 15 mil até o final do ano.

5. Pagar os gastos sazonais à vista, a partir da mensalização (fundo) para estes valores.
Hábito criado! 100% realizado até o momento!


6. Construir um novo formato de reserva para passeios, mantendo um valor investido mensalmente para fazer passeios, viagens ou tirar férias.
Novo formato da reserva para diversão está montado. E com a quarentena, o bolo vem crescendo muito!

7. Ler e estudar quatro livros de investimentos e de vida financeira, aplicando pelo menos um dos seus conhecimentos ao longo de 2020.
Livros lidos: 6! Conhecimentos aplicados: muitos!! Resultado: Crescimento!

8. Estudar novas formas de renda, colocando em prática, pelo menos, uma até o final do ano.
Meta alcançada! E vem mais por aí!

9. Repensar o "investimento" em criptomoedas, reagindo ao decidido.
Investimento repensado. Só falta agir….

10. Investir 100% das receitas salariais extras.
Por enquanto, meta alcançada!


Como novidade nas atualizações mensais, desde o início do ano, trouxe o acompanhamento de metas. Em cada divulgação, mantive o objetivo de focar e não esquecer nada. A responsabilidade com estes objetivos vem dando resultado!

Abraço a todos!!!

terça-feira, 7 de julho de 2020

Professor Investe em Junho de 2020 = + R$ 96.084,01 (+9,27%)


Estou com pouco tempo para a atualização. Portanto, passo aqui rapidamente para apresentar os resultados do mês. 

Em breve, atualizarei o post, comentando melhor os resultados.

Receitas – valor muito bom. 13º salário ajudou.

Despesas – ficaram em 42% da receita total.

Aportes – Recorde do Ano e quiça da história deste professor que vos escreve – R$ 5.901, 43 (Tesouro, Ações e Fundos Imobiliários)

Rendimentos e Dividendos – ficaram aquém da média anual – R$ 68,60. Quase 34% menor do que a remuneração do mês passado e 34% maior em relação ao mês de junho do ano passado. Representaram 1,57% dos gastos do mês. #RumoaIF

Patrimônio Líquido – voltou a subir e um novo recorde. PL oficial de R$ 96.084,01. Uma alta de 9,27% em relação ao mês passado.


Um abraço e até a próxima …


... se o Professor Investe sobreviver...








terça-feira, 9 de junho de 2020

Professor Investe em Maio de 2020 = + R$ 87.933,29 (+10,15%)


Caraca!!!

Super bem-vindos a esta apresentação de resultados da carteira do Professor Investe.

Maio…Maio…Maio…
Não achei nada para rimar com maio, mas poderia...porque maio merece!

Chegamos ao ponto mais alto do Patrimônio do Professor.

Vamos ver o que aconteceu no mês para isso...acontecer [nossa, que criatividade, Professor!]

Receitas e Despesas

As receitas extras em Maio acresceram 15% ao salário de professor. Deu pouco trabalho e plus a mais! Tá fera!!!

O trabalho a distância como professor é que está matando! Mil vezes estar na escola com os estudantes do que estar em casa, enviando trabalhos, corrigindo trabalhos, fazendo mais mil coisas e vendo o ano letivo se escorrer pelos dedos. Claro que a vida e a saúde de todos estão em jogo. Porém, a saúde mental do já castigado corpo docente e dos estudantes está indo para as cucuias.






Retifico o que disse no mês passado: “Continuo em casa, cuidando da minha família e de mim, porém, agora, com um pouco MUIIIIIIIIIIIIIIIITOOOOOOOO mais de trabalho para DESequilibrar o profissional e o pessoal.

Claro que as coisas mudam de perspectiva, pensando que milhões de pessoas perderam ou tiveram reduções de renda. Muitas estão desesperadas, neste momento, sem saber o que fazer com suas despesas.

Falando em despesas, o valor total continuou a aumentar. Porém, assim como no mês passado, o aumento foi mais por um incremento na provisão das despesas sazonais, do que por aumento de gastos fixos e variáveis. Neste mês tive uma ótima notícia que impactará os gastos sazonais. Em breve, uma das “rubricas” sazonais será reduzida em quase 50%. Em termos absolutos, isso significa em torno de 500 reais a mais, por mês, para crescimento do patrimônio.

Aportes

Em Maio, os aportes foram para Ações, Fundos Imobiliários e Títulos do Tesouro. No total, R$ 1.657,35 para o cofre do patrimônio.

Os aportes nas ações aconteceram nas empresas Grendene, BB Seguridade, Banco Bradesco, IRB Resseguridade, MRV Engenharia, Linx e Cielo. Em todas, o foco foi “seguir o plano” de Investimento.

Também comprei mais cotas dos Fundos Imobiliários KNRI e CEOC.

Mexi também na minha carteira de renda fixa, tirando as teias de aranha, para acompanhar os títulos do Tesouro IPCA+2035.

Lembro que nenhum destes investimentos é recomendação de compra.

Rendimentos e Dividendos

Os rendimentos do mês mantiveram a tendência. Próximo aos 100 reais. Em maio o valor chegou R$ 103,46. Isso significa um aumento de 17% em relação ao mês passado e uma redução de 1,86% em relação ao mês de maio do ano passado.

Estes rendimentos cobririam 1,99% dos gastos do mês. #RumoaIF







Patrimônio Líquido

Novamente, o Patrimônio Líquido voltou a subir em Maio. Não só subiu, como, no fechamento, chegamos ao recorde de quase 88 mil reais de PL! O máximo anterior tinha sido 86k, no final do ano passado. Superamos este valor e com mais ativos na carteira.
PL oficial é de R$ 87.933,29, ou um aumento de 10,15% em relação ao mês passado.



Comemoraaaa!!!



Resumo do mês

Maio Fenomenal! Aportes em andamento. Trabalho matando. Renda extra valendo a pena. Financeiro reerguido, é seguir em frente.

Em relação ao Ano de 2020

As Metas anuais continuam norteando o caminho, com os seguintes destaques no mês:

A) Investimentos mais próximos do alcance da meta de 110k de patrimônio líquido em Dezembro deste ano.

B) Aumento da reserva para gastos sazonais à vista, a partir da mensalização (fundo) para estes valores e da redução de uma das rubricas em quase 50%.

C) Construí um novo plano para reserva de viagens, mantendo um valor investido mensalmente para fazer passeios, viagens ou tirar férias. Resumindo, em torno de 12% da receita do Mês é para desfrutar a vida. O que não for usado no mês irá para um fundo de férias.

D) Meta de poupar e investir para a aposentadoria foi alcançada novamente, neste mês, chegando ao valor de 20% da receita total de Maio. Achei que esta meta seria a mais difícil, mas são três meses seguidos que isso vem acontecendo e, provavelmente, mês que vem tem mais!


Metas de que me afastei (mais um pouco):

A) Em Maio não consegui ler um livro por inteiro. Retomei dois, para consultas rápidas, que ajudaram no ganho extra, mas não finalizei nenhuma leitura nova. Muito em função da nova organização do trabalho remoto.

B) Coloco aqui, também, o repensar os valores que tenho em criptomoedas. Afinal, quero reavaliar a importância de ter ou não este reserva de valor. Fica como meta para o mês de Junho.


A chave para atingir metas é acompanhá-las periodicamente, reagindo quando nos afastamos”.

Foco e responsabilidade com suas decisões!

Abraço e até o mês que vem!