sábado, 2 de junho de 2018

Atualização de patrimônio – Maio/2018



Maio, Maio, Maio...

Revisão do patrimônio chegando... mês marcado pela inércia, tanto pelo lado bom quanto pelo lado prejudicial: bolsa, atividade física, (não)movimento dos caminhoneiros, gasolina e muito mais.

Sem embargo, o destaque do mês foi a greve dos caminhoneiros. Momento histórico e com repercussões importantes no curto prazo.

Apesar da inércia, algumas metas do mês foram cumpridas. Em compensação, continuo abraçado na preguiça.


Eu querendo fazer atividade física e a preguiça não deixando.


No financeiro, mês de compras na Bolsa: 3 ações para incrementar o portfólio.


As Receitas e as Despesas
Como receita, a Remuneração mensal cotidiana.

Estou à procura de um projeto que possa aumentar a receita. Ideias já rondaram a prancheta, mas nada de concreto ainda. 

O tempo dispendido para o trabalho de professor diminui as possibilidades. Também quero aproveitar o tempo com a família. Assim, preciso de um projeto que funcione sem a necessidade da minha presença.




O pagamento de preços absurdos, baseado no histerismo de uma manada ignorante acerca de economia, ao que tudo indica, deixou grande parte da população ainda mais endividada neste mês. O estopim foram os aumentos da gasolina e a greve dos caminhoneiros, que provocaram desabastecimentos e consequentes corridas às compras de alimentos, combustível, entre outros.

O estudo e a compreensão razoável que tenho sobre economia me fez ficar tranquilo frente a situação. Tanto que a previsão de gastos era ficar em 50% da receita neste mês. Mas, a minha inércia frente ao desvario de muitos fez minhas despesas ficarem 1% abaixo do previsto.


Sem mais...


Fiquei impressionado com as filas nos postos e supermercados, com as pessoas pagando por uma gasolina cara e enchendo os carrinhos, sem ponderarem...


Senhora viu a capivara no supermercado e pensou: "ah, vou levar...vá que eu precise"!


Possivelmente, em outros tempos, também teria agido próximo a isso. Agradeço a conscientização que estou obtendo com o estudo e a orientação dos colegas aqui da blogosfera.

Aportes, Rendimentos e Dividendos do Mês
O reflexo desta histeria também foi vista no mercado. Aqui, sim, fui às compras. 3 Ações, Tesouro, LCI, CDB e dividendos pingando na conta da corretora!!!

Aproveitei o descontrole vendedor na bolsa e comprei mais ações da Kroton e da Grendene, com preços, na minha análise, adequados. 

Além destas, fiquei sócio da M. Dias Branco, pegando parte da reserva de emergência/oportunidades (CDB de liquidez diária) para aportar.

Neste mês, organizei um estudo mais aprofundado das empresas, observando critérios na hora da compra. Ainda preciso aprender muito sobre isso, mas já não está sendo “no olho”.

Também aportei no Tesouro para a aposentadoria e em LCI’s com perspectivas dos gastos próximos (seguro e estudos).

Rendimentos e dividendos do Mês:
R$ 0,21 – ITUB3
R$ 8,30 – KROT3
R$ 11,74 – GRND3
R$ 1,07 – BRCR11


"Very good!"


O Patrimônio Líquido

R$ 45.471,76

Divisão do Patrimônio Total


Distribuição em Ativos

Renda Fixa
Rendimento negativo em RF (-0,55%) puxado pelos títulos IPCA. A distribuição nos ativos de RF após os aportes ficou assim:



Ações
A variação da carteira de ações chegou a -12,88%. Com a entrada da MDIA, cheguei agora a dez empresas no portfólio.

Com a “oferta” da bolsa, poderia ter aumentado o número de empresas, mas, analisando os fundamentos, escolhi por aumentar a posição em Grendene e Kroton.





Fundos de Investimento Imobiliário
Na carteira de FII, BRCR11, que encolheu mais 12,46% este mês.



Rendimento do Portfólio e Crescimento do Patrimônio
Com a contabilidade de aportes (+ R$ 2.161,97) e de rendimentos (- 2,14%), a carteira cresceu 2,74%.


Por que este professor está rindo à toa?


Apesar do rendimento total ser negativo, é muito bom ver o patrimônio crescendo.

Resumo de Acumulação




Perspectivas para Junho
Para finalizar o primeiro semestre de 2018, o mês de Junho vem com tendência de manutenção dos gastos e aportes, ficando em linha com o realizado nos últimos meses.

Metas pessoais específicas serão prioridades.

Um abraço e até breve!


Nenhum comentário:

Postar um comentário